Reproduzir vídeo

O Festival Internacional Infantojuvenil Canto pela Paz – AMU Portugal, chega a 4ª edição em 2022 que terá lugar no dia 30 de outubro, pelas 14h, no Salão Paroquial de Nova Oeiras e visa a promoção do Diálogo Inter-religioso/Ecuménico, para a Inclusão e Cidadania Global.

O Projeto Canto pela Paz – AMU Portugal, é uma iniciativa de Educação para a Paz através do Canto e da Música que está inserida na Associação Mundo Unido (AMU) e se realiza em sinergia com Living Peace International, envolvendo assim o mundo inteiro.

30 de outubro, 14h

Centro Social Paroquial de Nova Oeiras

R. Monsenhor Ferreira de Melo, 124
2780-141 - Oeiras - Portugal

Imprensa

Para eventuais esclarecimentos ou entrevistas que entenderem realizar, de modo a nos apoiarem na divulgação deste projeto inovador, por favor queiram nos contactar.

Responsável :  Filipe Dias 
Email: direcao@cantopelapaz.org

“Podes falar de paz com belas palavras, fazer uma grande conferência, mas se nas tuas pequenas coisas, no teu coração, não há paz, se na tua família não há paz, se no teu bairro não há paz, no teu local de trabalho não há paz, então não haverá paz no mundo!”

Papa Francisco (Roma, 8.09.2016)

Este projeto tem como objetivo principal proporcionar ações que promovam o relacionamento entre religiões, igrejas e culturas, onde as crianças e os jovens possam, sem qualquer distinção e em perfeita harmonia, serem elas as principais protagonistas e agentes de mudança e facilitadoras de Paz e de Unidade, através do canto, da música, da arte, enquanto linguagens universais.

Já dizia Dostoiévski que a arte salvará o mundo e nós acreditamos que a música e o canto têm um papel muito importante em todo esse processo.

Num mundo dividido e fragmentado, procuramos promover a reconciliação e a fraternidade entre todos os que criem e também entre todas as pessoas de boa vontade, e difundir os valores da paz, da convivência, do bem comum.

Lembrando o discurso do Presidente da República, Professor Marcelo Rebelo de Sousa no auge da pandemia de Covid-19, “o nosso papel é convidar a caminhos de entendimento, na expectativa de que eles possam ir o mais longe possível”*. Queremos, juntos, promover uma cultura de paz e de unidade!

Interpelados pelo Papa Francisco, que nos desafia a uma consciência ecológica e o cuidado fraterno, de modo particular nas encíclicas ‘Laudato si’ (2015) e ‘Fratelli tutti’ (2020), o Projeto Canto pela Paz – AMU Portugal quis dar o mote à 4a Edição do Festival InfantoJuvenil Canto pela Paz 2022: “Por uma ecologia relacional: do encontro à relação.”

Na verdade, todos somos seres relacionais e só nos realizamos enquanto pessoas, na relação com os outros e com a natureza. Porque ninguém se salva sozinho**, diz o Papa Francisco, o Canto pela Paz – AMU 4 Portugal, entende que para compor uma melodia, todas as notas são imprescindíveis… se falta uma nota no meio das outras, nota-se a sua falta!

Ao referir-se ao período da Pandemia, o Papa Francisco afirmou:

“Percebemos que estávamos todos no mesmo barco, todos frágeis e desorientados, mas ao mesmo tempo importantes e necessários, todos chamados a remar juntos, todos a precisar de conforto mútuo. Estamos todos neste barco. […] Descobrimos que não podemos ir sozinhos, mas apenas juntos.”***

Por isso, o Canto pela Paz – AMU Portugal em parceria com o Living Peace International, quer contribuir para uma consciência ecológica e relacional, que é como uma pauta de música, onde tudo está em relação com tudo, onde nenhuma nota se destaca das demais, mas todas contribuem para a beleza da harmonia.

Assim o Festival Internacional Canto pela Paz – AMU Portugal, quer chamar atenção à importância da Cultura da Relação, ou seja, a importância de nos relacionarmos e dialogarmos em harmonia com todos, para o bem da casa comum – que é o nosso coração – realizando a nossa vocação relacional na sua máxima expressão, como ‘fratelli tutti’.

A cobertura jornalística, bem como a divulgação deste evento inédito em Portugal e no Mundo, reafirma a necessidade de construirmos pontes de entendimento, bem como uma sociedade unida que viva pela defesa dos valores mais elevados, como a Paz, que a todos nos une.

* Na visita ao Salão Internacional do Setor Alimentar e Bebidas (SISAB), em Lisboa.
** Ninguém se salva sozinho – Paz e Fraternidade: Encontro Internacional de Oração em prol da Paz promovido pela Comunidade de Santo Egídio, Outubro 2020
*** Francisco, Momento extraordinário de oração em tempos de epidemia, 27 de Março de 2020